O melhor software de gestão vale por dez.

O melhor software de gestão é PHC,
pela décima vez. Obrigado a todos.
Obrigado por todos.

Descubra as últimas novidades da PHC

Mais automatismos nos seus processos fiscais

ERP à medida do seu negócio e dos seus objetivos

Todas as áreas comunicam, trocam informação e crescem com a sua empresa.
Saber mais

O seu negócio de IT merece a maior rentabilidade

Junte-se a uma comunidade de +400 Parceiros PHC.
Quero ser parceiro

Solução Financeira

O controlo financeiro otimizado e de forma integrada com as áreas vitais da sua empresa.

Porquê o PHC CS?

0
Países
+ 0
Colaboradores
+ 0
Parceiros
+ 0 mil
Clientes
+ 0 mil
Utilizadores

A montanha não é o obstáculo, é o caminho.

Business at Speed

Aliamos a experiência de gestão ao desenho de software, para criar soluções, adaptáveis e completas, que proporcionam flexibilidade ao dia a dia das empresas e aceleram a tomada de decisão. Porque no mundo VUCA em que vivemos, software é a chave da liberdade para o crescimento.

Logótipo PHC CS

Soluções de gestão adaptadas a médias e grandes empresas

As empresas têm desafios comuns de gestão, por isso, temos um conjunto de soluções de gestão abrangentes e adaptáveis, quer para as áreas críticas das empresas, quer para os setores de atividade em que se inserem.

Área de Gestão

Indústria

Quer ver o software de gestão PHC em ação?

Clientes felizes são a nossa melhor história

"O PHC sempre respondeu com rapidez a todas as nossas solicitações. É um programa que se pode padronizar de acordo com as necessidades da empresa o que faz toda a diferença. Estamos muito satisfeitos com a nossa aposta no sistema PHC."

Indicadores de transformação digital: Como medir a maturidade digital da sua empresa?

O Índice de Maturidade Digital mede as capacidades e os resultados de uma organização perante o desafio da transformação digital. Saiba como descobrir o IMD da sua empresa e defina o seu planeamento estratégico.
maturidade-digital-yQdFMy (1)

A nova era digital trouxe os seus próprios conceitos e a maturidade digital é um deles: as empresas com maior maturidade digital são as mais produtivas e aquelas que oferecem salários melhores aos seus trabalhadores.

A partir deste indicador, é possível definir as futuras estratégias dentro de uma organização, para além de que permite avaliar o estado final da transformação digital da empresa.

A maturidade digital está intimamente ligada ao nível de adoção das novas tecnologias digitais ou à sua disposição numa determinada empresa. São ainda tidas em conta as melhorias quantitativas e qualitativas no funcionamento da organização, tal como a satisfação de clientes internos/externos e os restantes resultados empresariais.

Para que todos estes fenómenos se materializem é necessário que as empresas desenvolvam uma consciência digital que se traduz na definição de objetivos claros, adaptados à realidade de cada empresa, capacitação de colaboradores, planos de investimento, tal como uma liderança digital capaz de medir e interpretar as oportunidades que o contexto proporciona.

“A transição digital não é apenas adquirir ferramentas, mas conseguir incorporá-las nas várias vertentes do negócio. Ao definir a sua estratégia, cada empresa deverá aproveitar essas mesmas ferramentas para fazer uma abordagem omnicanal aos mercados que permita vender tanto de forma física como digital.”

Quem o diz é Pedro Cilínio, diretor da área de capacitação empresarial do IAPMEI, na webtalk “Digitalização das empresas com recurso a fundos europeus”, promovida pelo jornal online Eco em parceria com a PHC.

Rogério Canhoto, CBO da PHC Software, vai mais longe e afirma que “a transformação digital é fundamental para a sobrevivência das empresas e para a sua competitividade, não apenas no mercado português mas numa ótica global”.

Todos os caminhos vão dar ao digital: calcule o IMD da sua empresa

Como vimos anteriormente, o Índice de Maturidade Digital mede a capacidade e os resultados de uma organização perante os desafios da transformação digital. Porém, antes disso é fundamental ter uma certeza: no momento que vivemos, a confluência com o digital é transversal: produtos, processos, clientes e até a concorrência: tudo é digital ou está em vias de o ser.

As empresas têm, porém, uma necessidade de integração neste ecossistema que se caracteriza pelo seu dinamismo, de forma a permanecerem competitivas e rentáveis. Para isso, devem aplicar o pensamento digital em todos os seus processos, tanto internos como externos.

O sucesso será alcançado por todos aqueles que criarem um ‘sistema nervoso digital’, capaz de unificar a gestão de operações, vendas e informação, permitindo uma maior rapidez na tomada de decisões e na adopção de estratégias, otimizando a aprendizagem.
Bill Gates, Negócios @Velocidade do Pensamento

Para as empresas que abraçam o processo/desafio de transformação digital, é fundamental saber onde se encontram e onde deveriam estar, de forma a alinhar a sua estratégia de acordo com as tendências do setor e do mercado.

Mas então, como medir o Índice de Maturidade Digital da sua empresa?

Para calcular o IMD deve identificar algumas variáveis e características da empresa que serão consideradas para a realização de uma análise interna.

Um diagnóstico real inclui quatro categorias-chave que devem ser tidas em conta na sua análise:

  • Visão, cultura e liderança digital: deve ser avaliada a capacidade de adaptação da organização ao contexto e ao mercado. Atenção: é imprescindível identificar se existe um foco estratégico, um ecossistema digital e uma cultura digital.

Perguntas que deve fazer para obter um diagnóstico da sua empresa:

  1. Considera a digitalização uma questão importante no seu negócio?
  2. Consegue identificar as ferramentas necessárias para digitalizar o seu negócio?
  3. Utiliza canais digitais no seu negócio?
  4. Utiliza ferramentas digitais de gestão no seu negócio para automatizar processos?
  • Estratégia de recursos humanos: identificar as capacidades da organização e da relação que mantém com outros agentes: equipa digital, gestão do talento e formas de trabalho.

Perguntas que deve fazer para obter um diagnóstico da sua empresa:

  1. No seu negócio existe uma equipa suficientemente capacitada da digitalização?
  2. O teletrabalho e habitual no seu negócio?
  3. Existe algum plano de formação digital para os colaboradores do seu negócio?
  4. Utilizam ferramentas de comunicação e colaboração do seu negócio?
  • Relação com os clientes: valorizar a experiência do negócio com o cliente através do âmbito digital; relação com o cliente, conhecimento, participação, integração e colaboração com todos os envolvidos.

Perguntas que deve fazer para obter um diagnóstico da sua empresa:

  1. Vende os seus produtos e/ou serviços através de canais digitais?
  2. Tem contacto com os seus clientes através de canais digitais?
  3. O seu negócio tem ferramentas para medir a satisfação dos seus clientes?
  • Negócio online: avaliar o coeficiente tecnológico dos produtos e serviços existentes, tal como todo o seu potencial de digitalização: proposta de valor, catálogo e canais de venda digitais.

Perguntas que deve fazer para obter um diagnóstico da sua empresa:

  1. Através de que meios se efetuam os pagamentos online?
  2. Os produtos e/ou serviços oferecidos adaptaram-se ao progresso digital?
  3. Utiliza algum dispositivo no seu negócio?
  4. Que meios utiliza o seu negócio para manter a segurança informática?
  5. O seu negócio tem uma loja online – e-commerce?

É importante acrescentar que esta análise pode ser realizada por departamento ou setor, dentro de uma mesma empresa. Existem, porém, algumas variações segundo a dimensão empresarial e o grau de transformação digital existente.

Há ainda outras categorias utilizadas para a medição do IMD que visam analisar o nível de digitalização de uma forma mais profunda, destacando aspetos como:

  • Efeitos da transformação digital sobre os processos;
  • Influência que têm em relação ao perfil inovador da empresa;
  • Identificação de sucessos concretos facilitados pela digitalização das empresas;
  • O efeito sobre a produtividade.

Saber onde e como se posiciona a sua empresa, quais as suas verdadeiras capacidades e aquelas de que precisa, são informações que contribuem positivamente para elaborar e seguir uma estratégia de sucesso.

Ao optar pelo diagnóstico que o Índice de Maturidade Digital lhe dá, é possível obter um indicador que permite definir objetivos e iniciativas, tal como medir e avançar continuamente no processo de digitalização e transformação digital no seu negócio.

Este site requer um navegador mais atualizado para obter a aparência e usabilidade requiridas.

Para usufruir da melhor experiência e conhecer a PHC Software e os seus produtos, deverá aceder através de outro browser mais recente como Google Chrome, Firefox ou Safari.